Eleições nos Estados Unidos da América

Ir em baixo

Eleições nos Estados Unidos da América

Mensagem  forumcartaxo em Ter 18 Mar 2008, 06:54

Estão a decorrer nos Estados Unidos as eleições primárias onde os diversos candidatos dão o seu melhor para ganharem a tão desejada possibilidade de participarem no duelo a dois que ira eleger o sucessor de George W. Bush.

Todos os dias recebemos novas notícias destas eleições, quer seja pela televisão rádio ou internet, mas sabes realmente como se processa todo este sistema eleitoral?

Obhama, Clinton ou Mccain, quem são eles? Quais as verdadeiras diferenças? Um negro, uma mulher e um retornado de guerra? Para ti qual deles reúne mais condições para governar a super potencia EUA?

Democratas e republicanos são os únicos partidos?

Coloque mais dúvidas e dê a sua opinião sobre este complexo sistema.

forumcartaxo

Número de Mensagens : 23
Localização : Cartaxo
Data de inscrição : 06/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eleições nos Estados Unidos da América

Mensagem  Carlos Serra em Sex 21 Mar 2008, 13:12

Como tem acontecido com muita coisa, o processo eleitoral que esta a acontecer nos EUA tem de ser visto por parte das democracias Europeias como um exemplo para criar emoção e entusiasmo de forma a cativar a população. Hoje, muito europeus estão interessados naquilo que se esta a passar naquele país, querem saber mais sobre todo o sistema eleitoral e características dos candidatos. Revelo ser um dos adeptos destas eleições, as quais mesmo sem poder votar vou acompanhando pelas notícias o percurso dos candidatos.
Decorrem as eleições primárias, eleições em que os diferentes estados votam para eleger os delegados dos dois partidos, Republicanos e Democratas, sendo cada delegado representante de um dos candidatos. Deste modo, o partido Republicano já encontrou o seu candidato, uma vez que John McCain já tem o número suficiente para ser eleito o candidato republica.
Por parte dos democratas a questão esta bem mais equilibrada com uma feroz disposta entre 2 grandes candidatos Hillary Clinton e Barack Obahma. Obahma para já tem mais alguns delegados, numa altura em que faltam pouco estados voltarem nestas primárias, mas não um número suficiente para ser eleito o representante democrata. Temos por isso de ir possivelmente recorrer aos super delegados que não são mais do que um grupo de “velhas guardas” do partido com voto indefinido. É portanto uma incógnita o vencedor destas primarias por parte dos democratas. Pessoalmente, preferia ver a frente dos EUA Obhama, um nome controverso por ser novo negro e com relativa pouca experiência na política. Clinton para mim é mais do mesmo, um nome que já viveu na Casa Branca tendo dado por isso o seu contributo e suas ideias ao país. Não quero ver uma super potência democrata a ser governada apenas e só por duas famílias, Bush e Clinton ( Bush-pai; Clinton; Bush-filho; Clinton-espsa).
McCain é um retornado da guerra do Vietname, dando por isso carisma neste período de guerra e é ele o representante do partido de Bush, sendo por isso visto como aquele que mais ira seguir a politica do actual líder. É também um dito cavalheiro que com respeito mostra a população respeito e confiança conseguindo angariar uns votos em seu favor.
Espero por isso ver Obhama a ser o escolhido para representar os democratas nas eleições gerias no próximo Novembro. Uma disputa entre Obhama e McCain duas gerações e duas experiencias bem diferente. Obhama é novo vem com nova ideias a juntar a sua forte capacidade de comunicação sendo considerado muitas vezes um demagogo. Penso que esta capacidade é importante para conseguir juntar para si os melhores elementos para as diversas pastas e desempenhar o importante papel de moderador do Mundo. Para acabar deixo um vídeo que penso mostrar um pouco do mediatismo e espectáculo que são as eleições nos EUA, trazendo consigo o bom e o mau do mediatismo.


avatar
Carlos Serra

Número de Mensagens : 87
Idade : 31
Localização : Cartaxo
Data de inscrição : 06/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eleições nos Estados Unidos da América

Mensagem  filipecabaco em Qui 27 Mar 2008, 20:45

Penso que Obama consiga ser o candidato democrata mas não podemos esquecer que ainda resta um total de 922 delegados e Hillary ainda tem mais super delegados (243 contra 209 do Obama), isto quer dizer que ainda é possível ser a Hillary, e mesmo que Obama ganhe as primárias, o trabalho mais difícil vai ser tentar convencer um povo americano ,que vive em insegurança e sem confiança, que é capaz de liderar um país que se encontra as portas de uma recessão económica, está numa guerra perdida e vive uma crise social enorme...

Será que os americanos serão capazes de arriscar a mudança?

Penso que Obama só ganhe caso a nova geração de eleitores ,farta de 8 anos de um republicano falhado, for em força as urnas e se não houver as falhas como na eleição de 2000 (caso não se lembrem Al Gore e Bush empataram, Bush só foi eleito após decisão do Supremo Tribunal), pois duvido que a maioria dos americanos sejam capazes de largar a experiência por mudança (embora seja o que o pais precise).

Fontes:
CNN - Contagem dos delegados
Wikipedia - Bush vs Al Gore (Sobre a decisão do Supremo Tribunal)

filipecabaco

Número de Mensagens : 6
Localização : Almada
Data de inscrição : 27/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eleições nos Estados Unidos da América

Mensagem  Carlos Serra em Dom 30 Mar 2008, 08:34

Concordo que ainda nada esta ganhe por parte de Obhama relembro que se fala muito na possiblidade de Clinton ter mais super delegados mas a mim pareceme que muitos deles ainda podem mudar o voto até a ultima hora, existindo mesmo por parte de muitos uma vontade para vontarem naquele que tive mais numero de votos por parte da população, vamos ver é um incognita grande saber quem será o candidato democrata.

filipecabato penso, não sei se concordas comigo mas a mim parece que o povo Americano nunca teve medo de mudanças e estando num período dificil da sua historia iram arriscar e escolher aquele que apresente uma nova política um novo rumo para o país, até porque o reinado de super-potencia dos Estados Unidos esta a acabar com o crescimento do Euro e acima de tudo com o crescimento da China.
avatar
Carlos Serra

Número de Mensagens : 87
Idade : 31
Localização : Cartaxo
Data de inscrição : 06/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eleições nos Estados Unidos da América

Mensagem  Carlos Serra em Qui 24 Abr 2008, 05:28



Ontem Hillary ganhou o Ultimo grande Estado, a Pensilvânia, ficando assim as contas mais equilibradas e a questão de estas se desistirem mais longe, é portanto na Convenção que todo se vai decidir. Sendo o funcionamento da convenção o seguinte:

Na primeira votação os delegados estarão vinculados à candidatura pela qual foram eleitos; na segunda e subsequentes estarão livres para apoiar quem quiserem. E não acabarão as votações até que saia um candidato da Convenção. Mais, a partir da segunda votação qualquer Democrata pode ser inserido na batalha (existe a hipóteses hipótese: Al Gore).

Esta situação não acontecia desde a década de '80, sendo por causa destas situações que se inventaram os super-delegados. Mas esta é a beleza da Democracia: a luta por aquilo em que se acredita até ao fim.

P.S. Obahma agrada-me mesmo, queri saber mais sobre esta persongem. Por isso, acabei de compra uma biografia deste de nome: "Obama, do desejo ao poder", escrito por David Mendell um jornalista.
avatar
Carlos Serra

Número de Mensagens : 87
Idade : 31
Localização : Cartaxo
Data de inscrição : 06/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Obama ultrapassou Clinton no número de ‘superdelegados’, os mais influentes para nomeação democrata

Mensagem  Carlos Serra em Dom 11 Maio 2008, 09:35

Obama adicionou no sábado à lista de apoios os superdelegados dos estados de Utah, Ohio e Arizona, bem como das Ilhas Virgem.

Juntando estes novos apoios à campanha aos nove já conquistados até sexta-feira, Barack Obama totaliza um número superior ao de Hillary Clinton.

Este é um marco importante na campanha de Obama, porque Clinton precisaria de ganhar apoios de superdelegados por uma larga margem para conseguir a nomeação.

Os superdelegados são cerca de 800 e podem escolher qualquer candidato, tendo um peso determinante na convenção democrata no final de Agosto.

Obama e Clinton têm mantido uma luta renhida para a nomeação à eleição para a Casa Branca e só os superdelegados podem desempatar os resultados das primárias.

Os números avançados pela AP indicam que Obama conta com o apoio de 276 superdelegados, enquanto Clinton tem 271,5.

Desde a vitória na Carolina do Norte, na terça-feira, Obama ganhou o apoio de 21 superdelegados, enquanto Hillary Clinton perdeu dois.

Hillary Clinton começou o ano com o apoio de mais 106 superdelegados do que Barack Obama, uma margem que começou a perder depois da vitória do senador democrata no estado de Iowa, em Janeiro.

Desde a Super Terça-Feira a 5 de Fevereiro até às primárias de 4 de Março no Ohio e Texas, Obama conquistou o apoio de 51 superdelegados e Clinton perdeu um.

Pelo menos 200 superdelegados estão ainda indecisos e outros 40 vão receber as indicações do partido em cada estado durante os próximos meses.

Na contagem total de delegados, Barack Obama tem 1.864,5 votos, enquanto Clinton tem 1.697, de acordo com a última contagem da AP.

Obama está a 160,5 delegados dos 2.025 necessários para assegurar a nomeação no partido democrata.

Os dois candidatos têm ainda seis eleições primárias onde podem recolher 217 delegados.

Lusa / SOL
avatar
Carlos Serra

Número de Mensagens : 87
Idade : 31
Localização : Cartaxo
Data de inscrição : 06/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hillary Clinton suspende campanha eleitoral e formaliza apoio total a Barack Obama

Mensagem  Carlos Serra em Dom 08 Jun 2008, 17:16

«Agora, que suspendi a campanha, quero felicitar o senador Barack Obama e dar-lhe todo o meu apoio» , disse Clinton, perante os apoiantes num evento de despedida no National Building Museum, em Washington.

Acompanhada pelo marido e ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, a filha Chelsea e a mãe Dorothy Rodham, Hillary Clinton pediu aos seus seguidores para apoiarem o senador democrata nas eleições presidenciais norte-americanas, agendadas para Novembro deste ano.

«Temos de colocar a nossa energia, a nossa paixão e as nossas forças para fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para eleger Barack Obama, o futuro presidente dos EUA» , afirmou.

Lusa / SOL

Aquilo que esperava aconteceu no partido democrata, é altura de se tentar sarar as feridas provovadas por este período de forte campanha onde os candidatos disputaram intessamente a possibilidade de lutarem pela presidencia dos EUA. Segue-se agora uma forte luta entre Obahma e McCain, parece k Maccain parte com vantagem, vamos ver, aqui eu continuo com uma forte esperança na vitória de Obahma, até porque a medida que leio mais uma página da sua biográfica fico a admira-lo mais um pouco.
avatar
Carlos Serra

Número de Mensagens : 87
Idade : 31
Localização : Cartaxo
Data de inscrição : 06/03/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eleições nos Estados Unidos da América

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum